segundagrandeguerra on Instagram

Segunda Grande Guerra

Em memória dos soldados, homens, mulheres e crianças que perderam suas vidas na Guerra.

https://www.facebook.com/SegundaGuerraWW2/

Report inappropriate content

Equipe da Força Aérea dos EUA preparando-se para armar um P-51 Mustang com munições de metralhadoras calibre .50. O P-51D possuía 06 dessas metralhadoras, sendo a versão dessa aeronave com maior escala de produção, com mais de 8 mil unidades construídas. O emprego dessa aeronave pelas Forças Aéreas dos EUA e Grã-Bretanha fora de grande importância para os aliados na guerra, uma vez que, equipados com tanques extras de combustível, os P-51 podiam escoltar tanto na ida, quanto na volta, os bombardeiros que soltavam suas bombas sobre a Alemanha, garantindo sua segurança em face das tentativas da Luftwaffe de defender os céus do Reich. #p51d #usaf #p51 #war #unitedstatesairforce #ww2 #warbird #segundaguerra #historia #guerra #luftwaffe #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

5

A Namorada da Guerra Mariya V. Oktyabrskaya, nascida em 16 de agosto de 1905, fora uma motorista de tanque durante a Segunda Guerra Mundial, servindo o Exército Vermelho. Mariya fora a primeira mulher a pilotar um tanque a ser condecorada com o título de “Herói da União Soviética”, a condecoração de mais prestigio da época por bravura em combate. Antes do inicio da guerra, Mariya trabalhou em uma fábrica e também como operadora de telefone. Em 1925 se casou com um oficial do Exército Soviético, onde começou a ter interesses no meio militar. Ela se envolveu com a “Assembleia de Esposas de Militares” e foi treinada para atuar como enfermeira militar. Ela também foi treinada com armamentos e veículos. Quando a guerra começou para os soviéticos, em 1941, Mariya fora evacuada para Tomsk, uma cidade na Sibéria. Em 1943, ficou sabendo que seu marido tinha morrido em combate em agosto de 1941, em algum lugar próximo de Kiev. Irritada com a trágica noticia, Mariya jurou que iria vingar a morte de seu marido, que iria ir lutar contra os alemães. Então ela vendeu todos os seus bens para doar dinheiro para o estado, para que esse construísse um tanque modelo T-34 para que ela pudesse pilotar e pediu que dessem um nome ao tanque. “Боевая Подруга” – “Boevaya Podruga” que significa Namorada de Guerra. O comitê aceitou sua doação, aproveitando para fazer uma séries de propagandas em cima desse evento. Na época Mariya tinha 38 anos, quando fora designada para um treinamento de 5 meses logo após sua doação. Esse tipo de treinamento era muito incomum, na grande maioria das vezes os tanquistas eram enviados direto para a batalha com um treinamento bem raso. Após o treinamento, em setembro de 1943, foi enviada para a 26ª Brigada de Guardas de Tanques para atuar como motorista e mecânica. Ela nomeou o tanque com queria, pinto em letras brancas na torre. Muitos de seus colegas viram isso como uma piada, mas logo mudaram de ideia, quando Mariya participou de sua primeira batalha de tanques em Smolensk, em 21 de outubro de 1943. -- CONTINUA NOS COMENTÁRIOS-- #URSS #ussr #t34 #t34tank #historia #segundaguerramundial #segundagrandeguerra #mariyaoktyabrskaya

1

Membros da Divisão SS Leibstandarte Adolf Hitler fazem a guarda do Führer, durante sua aparição ao público em 1934. Essa unidade de elite fora inicialmente planejada como guarda pessoal de Adolf Hitler. Contudo, conforme a guerra se formava, a LSSAH tomava corpo como divisão, participando de todos os grandes entraves do conflito na Europa. Tendo como principal comandante o SS-Oberstgruppenführer Joseph Sepp Dietrich, que esteve ao lado de Hitler desde a ascensão do Nazismo. A Leibstandarte transformou-se numa das mais famosas e temidas unidades de combate da guerra, famosa também pelo pequeno número de baixas que sofria, devido à coragem fanática de seus integrantes, sempre representando os ideais mais extremos de seu líder maior. #leibstandarte #lssah #leibstandarteadolfhitler #ww2 #historia #segundaguerra #segundaguerramundial #segundagrandeguerra #adolfhitler #hitler #nazismo

1

Soldados da 79th Division atravessando a cidade de Gerville, França, durante o avanço da divisão em direção às tropas alemãs, setembro de 1944. Gerville é uma comuna em Seine-Maritime, na Normandia. #gerville #79thdivision #normandy #normandia #dday #segundaguerra #ww2 #historia #guerra #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

0

Soldados da 55th Armored Infantry Battalion e blindado M4 Sherman da 22nd Tank Battalion em Wernberg, Bayreuth, Alemanha, 22 de abril de 1945. Em retrospecto, por volta de 10 de abril de 1944, a divisão recebera ordens de atacar e capturar Coburg e Neustadt, no estado da Baviera. No caminho, o 55º batalhão como parte da Força Tarefa Hearn capturou Rodach, Einberg e Kronach, enfrentando uma resistência bastante forte em Gesthunghausen. Outra força-tarefa sob o comando do Major Hill Blalock, oficial executivo do batalhão, garantiu a captura de Weisenbrunn. O batalhão também capturou Kulmbach sem resistência em um depósito de munição de um quilômetro quadrado contendo grandes quantidades de armas químicas. Dois dias depois, o batalhão estava na estrada novamente rumo a Weiden, Namburg e Pfremid, onde uma grande força de mais de 500 soldados húngaros se renderam. Mais tarde, em Nieder Murrach, o batalhão construiu um complexo para abrigar o crescente número de prisioneiros. Quando a 55ª chegou a Cham, capturou mais 150 prisioneiros. Em 22 de abril, o batalhão chegou a Wernberg, onde explodiram um galpão de munição, avançando rapidamente, sob pouca resistência, chegando a Cham dois dias depois, servindo como uma força tarefa de reserva, ajudando a alcançar Grafenau em 25 de abril e Furholz no dia seguinte. O cerco se fechada cada vez mais para dentro da Alemanha Nazista, a leste pelos Soviéticos, a oeste pelos norte-americanos e aliados. #tanksherman #55tharmored #55tharmoredinfantrybattalian #wernberg #bayreuth #german #segundaguerra #historia #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

6

Lancha de desembarque LST-731 transportando soldados norte-americanos, rumo ao nordeste de Iwo Jima. Fevereiro de 1945. #segundaguerra #lst731 #lcvp #marines #iwojima #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

0

Bombardeiros leves poloneses, PZL.23A "Karaś" no Aeroporto de Varsóvia, anos antes de se iniciar a Segunda Guerra. No fundo é possível ver caças PZL.7 ou PZL.11. O PZL.23A possuía 3 metralhadoras, uma PWU wz, 33 7.92mm acionada pelo piloto, e duas Vickers F 7.92mm que eram acionadas por artilheiros, um na parte de cima e outro em baixo do avião. O "Karás" carregava bombas de até 700kg No segundo dia de guerra, 2 de setembro de 1939, o 21ª Esquadrão bombardeou uma fábrica alemã em Ohlau, utilizando as versões PZL.23B, o primeiro ataque polonês em solo alemão. No dia 3, os PZL.23 atacaram uma coluna alemã, dificultando a movimentação Alemã, mas foram interceptados por caças alemães e derrubados facilmente devido à baixa velocidade e a falta de proteção. Ao fim da campanha alemã, 67 foram destruídos em combate e 60 foram perdidos por outros motivos. Os que restaram foram enviados para a Romênia, que acabaram combatendo contra a União Soviética. #polandairforce #pzl23a #segundaguerra #historia #pzl7 #pzl11 #guerra #ww2 #segundaguerramundial #segundagrandeguerra #invasãodapolonia

0

Tropas japonesas comemoram sobre uma peça de artilharia, a vitória na Batalha de Corregidor, localizado na entrada da Baía de Manila, em 06 de maio de 1942. #corregidorbattle #japanesearmy #japaneseforces #japanese #ww2 #historia #guerra #war #segundaguerra #pacificwar #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

1

Nankin, 1937. Soldados japoneses treinam com baionetas em prisioneiros chineses, nas famigeradas covas da morte. #deathcave #nankin1937 #nankinmassacre #japanese #japaneseforces #massacre #ww2 #historia #guerra

2

A destruição em cores A cidade de Londres e os estragos provocados pela Blitz alemã, perpetrada pela Luftwaffe a partir do ano de 1940. #londres #luftwaffe #blitz #germanyairforce #ww2 #segundaguerra #historia #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

0

Soldado Japonês mirando através de uma pequena mira óptica, fixada em uma metralhadora pesada Type 92 durante a Batalha de Guadalcanal em 1942. #guadalcanal #machinetype92 #type92 #segundaguerra #japaneseforces #historia #japaneseimperialarmy #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

0

Caça-torpedeiro TBF Avenger pousando no porta-aviões USS Cowpens, após executar uma missão na Batalha do Atol de Makin, nas Ilhas Gilbert, em novembro de 1943. #gilbertisland #makinatoll #tbfavenger #usscowpens #segundaguerra #historia #ww2 #guerra #pacificwar #teatrodeoperacoesdopacifico #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

0

Pilotos Tchecos do 310th Squadron, descansando após várias missões durante a Batalha pela Britânia. 1941. No início da segunda guerra, vários pilotos Tchecos, cerca de 200, se alistaram como voluntários em outros países, como a Polônia e França. Porém após esses países também terem sido invadidos esses voluntários tchecos foram para a Inglaterra. O 310º Esquadrão, composto por Tchecos, utilizava caças Hurricanes a princípio, apenas em outubro de 1941 é que foram equipados com caças Spitfires. Esse esquadrão serviu com distinção durante a Batalha pela Britânia e também nas batalhas que se seguiram na Europa no decorrer da guerra. Esse esquadrão deixou de existir em 1946. #310thsquadron #tchecos #ww2 #segundaguerra #historia #raf #spitfire #hurricane #royalairforce #segundaguerramundial #segundagrandeguerra

0

Membros da Resistência Francesa são fotografados no meio de uma batalha contra tropas alemãs, durante a liberação de Paris (1944). A jovem que está no centro da imagemvé Simone Segouin. Também conhecida por seu nome de guerra, Nicole Minet, Simone tinha apenas 18 anos de idade quando essa foto foi tirada. Ela havia matado 02 alemães em um conflito 2 dias antes, e assistido na captura de outros 25 prisioneiros de guerra alemães, durante a queda da comuna de Chartres. Em 1944, na reta final da ocupação nazista na França, ela se juntou ao grupo Francs-Tireurs et Partisans (traduzido livremente para Franco-Atiradores e Apoiantes), formado por militantes comunistas e nacionalistas franceses. Simone se identificava bastante com estes últimos; seu pai era um soldado condecorado da Primeira Grande Guerra, e ela era extremamente orgulhosa disso. Simone Segouin se envolveu em diversas ações armadas, incluindo contra comboios e trens inimigos e atos de sabotagem. O jornal independente Eure-et-Loir a descreveu, em 26 de agosto de 1944, como "uma das mais puras guerreiras e heroínas da Resistência, pavimentando o caminho para a liberação." Ela foi promovida para tenente, e condecorada com a Croix de Guerre. Uma rua em Courville-sur-Eure recebeu o nome dela. Após a guerra, Simone se dedicou em ser uma enfermeira pediátrica em Chartres, onde seus atos passados a fizeram incrívelmente popular. Apesar disso tudo, ela sempre soube o quão difícil era para uma mulher possuir um papel na Resistência. Elas eram pouco mais de 10% de toda a força do movimento, e a maioria estava confinada a papéis fora de combate. Independente disso, a presença feminina ajudou a mudar a balança da maneira em que as mulheres eram tratadas. Simone Segouin segue viva, hoje aos 92 anos. #segundaguerra #historia #ww2 #guerra #resistencia #resistenciafrancesa #war #simonesegouin #francesresistence #segundagrandeguerra #segundaguerramundial

6

Artilharia alemã Flak 36 88mm em combate na região de Orel, URSS, 1942. Notem as carcaças de tanques soviéticos T-34, muito próximas da peça de artilharia. #flak88 #t34tank #flak #t34 #segundaguerra #historia #urss #guerra #1942 #germany #germanyairforce #wehrmacht #waffenss #segundagrandeguerra #segundaguerramundial

0